APP Cemig Atende

Baixe na App Store

Baixe na Play Store

Clique aqui Clique aqui

Projeto de P&D da Cemig vai ampliar possibilidade de manobras remotas em subestações e usinas

.Tecnologia permitirá a execução de manobras mais ágeis e seguras pelo Centro de Operação do Sistema

A Cemig desenvolve uma tecnologia para a ampliação das possibilidades de realização remota de manobras de equipamentos pelo Centro de Operação do Sistema (COS). Trata-se do projeto de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) GT0605 – “Sistema para Videomonitoramento Operacional de Chaves Seccionadoras de Subestações e Vertedouros de Usinas Hidroelétricas com Tratamento Avançado de Imagens”. Desenvolvido pela companhia no âmbito do Programa de P&D, regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o projeto é realizado em parceria com as empresas Ivision Sistemas de Imagem e Visão e Fundação para Inovações Tecnológicas (Fitec) e encontra-se em fase de cabeça de série.

O atendimento às solicitações do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) ao COS para abertura e fechamento de chaves seccionadoras ou manobra de vertedouros ainda depende da confirmação por inspeção visual de equipamentos, o que pode ser realizado por equipes presentes na instalação ou remotamente, por meio da visualização de imagens de câmeras. Com a utilização do sistema aprimorado pelo P&D, um software de inteligência artificial analisa as imagens e informa o estado dos equipamentos, permitindo confirmar a execução satisfatória de telecomandos de abertura e de fechamento, em qualquer condição meteorológica, sem que a equipe local ou do Centro de Operação precise visualizar as imagens, agregando agilidade e segurança.

É o que explica Francisco Alberto de Andrade Queiroz, engenheiro da Cemig e gerente do projeto pela companhia. “Desta forma, manobras solicitadas pelo ONS poderão ser atendidas mais prontamente e com maior segurança para as equipes, os equipamentos e o meio ambiente”, afirma o especialista. “Outra vantagem é que as imagens capturadas pelo módulo de inspeção serão gravadas e submetidas a tratamento avançado na subestação ou na usina, sem necessidade de trafegar imagens pelas redes de comunicação das instalações até o COS. Apenas o diagnóstico seguirá para o COS de forma integrada ao sistema de Supervisão e Controle. Espera-se, assim, atender a um número maior de subestações e usinas”, completa o engenheiro.

Resultados

Até o momento, já foi realizado o aperfeiçoamento do módulo de inspeção e dos softwares de gerenciamento das câmeras e dos modelos de estimação, além do gateway de comunicação. Estão em desenvolvimento especificações para a instalação do sistema nas subestações Neves 1 e Ouro Preto 2, além da Pequena Central Hidroelétrica (PCH) de Peti. Também está sendo desenvolvida a atualização do sistema instalado na usina de Nova Ponte pelo P&D GT0505, que precede o P&D GT0605.

“O projeto deve ser encerrado em 2021. Para tanto, a iniciativa tem sido acompanhada semanalmente para buscar a realização satisfatória das atividades de implantação do sistema, como projetos de infraestrutura, instalação do novo sistema, testes dos modelos, ajustes dos parâmetros, validação dos resultados e treinamentos da equipe”, explica Francisco.

Além do sistema em fase de cabeça de série, incluindo o aprimoramento dos módulos de inspeção, dos modelos de estimação e dos softwares de integração e de gerenciamento instalados em subestações e usinas, estão previstos como produtos ao final do projeto especificações para produção industrial, instalação e manutenção do sistema. “É possível que a tecnologia aprimorada ao longo do P&D resulte em uma nova solicitação de registro de patente da tecnologia, como ocorreu no P&D GT0505, além de possível registro dos softwares. Assim que o sistema for licenciado após o final do projeto, as empresas parceiras poderão produzir e comercializar a solução para o setor elétrico”, destaca o engenheiro.

Investimentos

O projeto teve início no ano de 2018, com valor total previsto da ordem de R$ 4 milhões, dos quais 95% são financiados pela Cemig por meio de recursos do Programa de P&D regulado pela Aneel.

Mais informações sobre o projeto podem ser encontradas neste endereço.

Marcas Cemig